Memória e Identidade na trajetória dos órfãos de Pau de Colher: acontecimentos, pessoas, lugares

Autores

  • Ana Lúcia Aguiar Lopes Leandro Doutora em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba, Mestra em Sociologia pela UniversidadeFederal de Pernambuco e graduada em História pela Universidade Federal de Pernambuco. Professora do Departamento de Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Resumo

Este artigo alude ao movimento messiânico de Pau de Colher ocorrido no Norte da Bahia em 1938. A trajetória de desagregação do sertão, após a morte de seus pais, evento ocultado nos documentos oficiais, foi reconstruída através do trabalho da memória dos trinta e dois órfãos levados pelo Estado, para o Instituto de Preservação e Reforma, em Salvador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

LEANDRO, A. L. A. L. Memória e Identidade na trajetória dos órfãos de Pau de Colher: acontecimentos, pessoas, lugares. Revista Historiar, [S. l.], v. 4, n. 6, 2013. Disponível em: //historiar.uvanet.br/index.php/1/article/view/65. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Tema Livre